Mauro Meister – As Escrituras Devem Habitar Nosso Coração

A partir do momento em que adquirimos convicção de que a idolatria se instaurou no centro do coração humano, precisamos destroná-la. Para isso, é essencial colocarmos algo de fato primordial no lugar: a Palavra de Deus.
Vejamos o que nos diz Provérbios 4.20: ‘’Meu filho, atenta para as minhas palavras; inclina o ouvido às minhas instruções’’. De igual modo, Deus havia instruído o homem no Jardim do Éden: ‘’Podes comer livremente de qualquer árvore do jardim, mas não comerás da árvore do conhecimento do bem e do mal; porque no dia em que dela comeres, com certeza morrerás’’ (Gn 2.16-17). Tanto o homem quanto a mulher deveriam prestar total atenção à palavra de Deus e crer nessa palavra, mas, como sabemos, não foi o que fizeram, e por isso a tragédia se instalou no seio da humanidade. É por esse motivo que a tradição cristã protestante reformada tem tanto apreço pela Escritura, porque ela é a Palavra de Deus, à qual todos nós temos de prestar total atenção e responder com fé.
O texto de Provérbios a respeito das instruções divinas prossegue assim: ‘’Nãoaspercas de vista; guarda-as dentro do coração’’ (Pv 4:21). Em contraste a isso, a mulher no Éden pecou contra Deus por desviar seus olhos para a árvore cujo fruto era proibido (Gn 3:6). Não podemos, portanto, permitir que nossos olhos igualmente se apartem da Palavra de Deus; devemos tê-la em vista em tudo o que fazemos em nosso dia a dia. Além disso, para não cair na mesma tentação do primeiro casal, temos de não somente olhar e ler a Escritura, mas, sim, guardá-la no íntimo de nosso coração. Ela deve habitá-lo (Cl 3:16), e isso somente é possível porque, por causa de nossa fé em Cristo, experimentamos o cumprimento da promessa de Deus da habitação do Espírito Santo em nosso coração: ‘’Também vos darei um coração novo e porei um espírito novo dentro de vós; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei um coração de carne. Também porei o meu Espírito dentro de vós e farei com que andeis nos meus estatutos; e obedecereis aos meus mandamentos e ospraticareis’’ (Ez 36.26-27).
Entre os muitos textos bíblicos que eu poderia destacar sobre a vida que flui de nosso coração quando a Palavra o habita ricamente, vale ressaltar a promessa de Deus que encerra o trecho de Provérbios 4.22-23: ‘’Porque as minhas palavras são vida para os que as encontram e saúde para o corpo inteiro. Acima de tudo que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida’’.

(Mauro Meister – A Origem da Idolatria. Editora Vida Nova, p.50-51)